Adubo caseiro para flores e plantas

Categorias: Dicas

Adubos naturais são as melhores alternativas para deixar as plantas do jardim mais bonitas e saudáveis. Além de não prejudicarem a saúde das pessoas que têm contato com a área verde da casa, eles enriquecem o solo e os vegetais com todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento.

Também conhecido como compostagem, o adubo orgânico pode ser feito em sua casa, com restos de frutas, casca de alimentos, legumes e borra de café.

Para começar a fazer sua compostagem você irá precisar separar seu lixo em resíduos orgânico vegetal úmido e seco. Assim você vai evitar juntar restos de alimentos com sal, óleo ou azeite, restos orgânicos animais, gordura animal, cigarro, plástico e papeis tinturados ou plastificados.

Confira o passo a passo para fazer seu adubo.

 Adubo de mistura de alimentos

Na compostagem você pode misturar vários tipos de alimento para criar seu adubo orgânico. Você precisa separar os alimentos e após isso o material em decomposição precisa ser montado em camadas e, quanto mais finas elas forem, mais rápido se torna o processo.

Você pode usar cascas de frutas, folhas e plantas mortas, ervas daninhas, estrume de frango, coelho e galinha; frutas e vegetais, folhas de café e chá, restos de vegetais,

Use um pedaço de terra ou até mesmo caixotes de feira para colocar o material. Forre com plástico e comece a montagem sempre pelo lixo seco, em seguida pelos restos úmidos. Molhe com água e repita o processo terminando com a parte seca para evitar o mau cheiro.

Após a montagem fique 15 dias sem mexer. Este é o tempo que o material leva para começar a se decompor.

Passados os 15 dias, o material pode ser mexido com um garfo de jardim. Isto fará com que o oxigênio se junte à mistura.

O adubo orgânico caseiro leva de dois a três meses para ficar pronto. Para saber se a mistura está pronta para ser usada, preste atenção no cheiro, na textura, na temperatura e na cor. O adubo pronto tem cheiro de terra, não suja a mão, tem temperatura ambiente (não é quente) e tem cor marrom escuro.

Adubo com borra de café

Após coar o café (sem açúcar), espere a borra do coador esfriar, depois jogue a borra por cima da terra e misture-a, regue e pronto. As borras de café são excelentes adubos naturais, pois são ricas em azoto, fósforo e potássio.

Adubo com casca de banana

Poucas pessoas sabem que a casca da banana pode ser utilizada para enriquecer o solo, deixando a vegetação mais saudável e bonita, já que é rica em elementos como o fósforo e o potássio.

Corte as cascas em pedacinhos bem pequenos e coloque-os junto a terra do jardim e dos vasos de planta.

Adubo de casca de ovo

A casca do ovo é outro adubo natural que traz vários benefícios às plantas, pois é rica em cálcio e potássio.

Para fazer o adubo você deve lavar e triturar as cascas de ovo com a ajuda de um pilão. Após formar uma espécie de “farofa”, aplique na terra em volta da planta.

Adubo de Cascas de vegetais

Cenoura, abóbora, batata e chuchu, também podem ser usadas como adubo, pois são ricas em vitaminas. Basta cortá-las em cubos e misturá-las à terra do canteiro ou do vaso ou mesmo adicioná-las ao xaxim. Elas ajudam no desenvolvimento e na saúde de sua planta, pois possuem nutrientes, fibras e minerais orgânicos.

Adubo de Feijão e leguminosas

Muitas vezes é necessário alternar os cultivos pois a terra se cansa. Um bom conselho é você plantar alguma leguminosa e, quando estiver com folhagem, corte tudo e misturar com a terra. Use essa terra para cultivar uma planta que precise de nitrogênio e não o sabe produzir, como os tomateiros, por exemplo.

Portanto, o ideal é repetir estes truques de adubação de 1 a 2 vezes ao mês. Todas estas dicas vão deixar a sua planta mais fortinha e a terra mais fértil!

Folhagens devem ser adubadas a cada três ou quatro meses. Já os exemplares que dão flores exigem processos de adubagem a cada dois ou três meses.

Viu como é fácil cuidar da saúde e beleza das suas flores e plantas com os adubos caseiros? Experimente!

Postado em 29 de Maio de 2017 | Faça um comentário »

Deixe seu comentário!