Como conciliar seu animal de estimação com seu jardim

Categorias: Dicas

Nós amamos nossos pets e sempre queremos o melhor para ele, animais gostam de estar junto de seus donos em casa, mas também amam estar ao ar livre. É saudável para os animais conviver com a natureza, ter a grama para fazer suas necessidades, pegar sol, correr e brincar, por isso deixa-lo em seu jardim é uma boa ideia. No entanto, além de esse animalzinho brincar com as plantas, também pode ingerir certas plantas que vão ser tóxicas para ele.

Antes de se preocupar com a bagunça que o pet pode fazer no jardim, você deve se preocupar com as plantas que cultiva e ter certeza que não vão fazer mal a seu animal. As plantas que são tóxicas aos animais de estimação são:

Comigo-ninguém-pode: apesar de ser uma planta muito encontrada nas casas brasileiras por ter a fama de proteger o lar e espantar o mau olhado, essa é uma das plantas que mais causa intoxicação nos animais domésticos. Os sintomas são edema ou irritação mucosa, inflamação na língua, dor forte, vomito, diarreia e asfixia levando até a morte.

Avenca: não é uma planta de origem brasileira, porém é muito encontrada em nossos quintais. A avenca pode causar câncer nos pets.

Copo de leite: os efeitos causados por essa planta são parecidos com as da comigo-ninguém-pode, ela causa irritação nas mucosas, dor severa e edema de glote. Ela é toda tóxica e possui o mesmo princípio ativo que a comigo-ninguém-pode, o oxalato de cálcio.

Espada-de-são-jorge: com a fama de trazer prosperidade para o lar, a espada-de-são-jorge é frequente nos lares brasileiros. Porém essa planta é altamente tóxica e causa efeitos como dificuldade de movimentação e respiração devido a irritação na mucosa e excesso de saliva.

Essas não são as únicas plantas que apresentam perigo aos animais, a lista é grande e entre elas estão: antúrio, azaleia, coroa-de-cristo, bico-de-papagaio, espirradeira, lírio, fumo-bravo, tomate verde, violeta, mamona, onze-horas… entre outras. Assim como há as plantas que não fazem bem, certamente há as que você pode deixar seu animalzinho ter contato sem medo algum. Essas são:

Camomila: elas auxiliam nas dores de estômago e nos gases intestinais, melhoram o funcionamento do fígado e repõem minerais.

Erva-doce: suas folhas e flores ajudam no aumento da lactação das fêmeas e diminuem a excitação nervosa.

Grama-paulista: ela é bem comum em campos esportivos, as folhas dessa grama provocam vômitos que ajudam no alivio das dores da cólica.

Capim-santo: ele mantém o sistema digestivo regulado e em ordem, além de evitar as cólicas.

Você pode ter uma cerca que impeça os pets de chegar perto de locais proibidos, nos ambientes onde estão as plantas venenosas e com espinhos por exemplo. Se seu animal correr e bater nas plantas com espinho pode se machucar e até prejudicar a visão, tome cuidado e mantenha ele longe dessas plantas.

Existem certos cuidados que você pode tomar para deixar seu jardim mais confortável para ao seu pet, como deixar sempre água para o seu animal, se ele sentir sede e não tiver água a disposição poderá procurar nas plantas e acabar ingerindo alguma que não deveria, também evite o uso de inseticidas e quando usar mantenha seu animal longe do jardim, também é importante manter o seu jardim limpo para afastar animais peçonhentos.

Postado em 27 de fevereiro de 2017 | Faça um comentário »

Deixe seu comentário!