Como cuidar de pimenteira

Categorias: Dicas

Tem coisa mais prática do que ter à sua disposição os temperos para os seus pratos? Isto significa ter dentro de casa mesmo, pode ser no quintal, na varanda ou até na cozinha. E um dos temperos mais apreciados é a pimenta, aliás, a pimenteira é linda! Mas você sabe como cuidar dela? Abaixo vamos te contar tudo sobre como cuidar de pimenteira orgânica!

Ciclo de vida e tipo de solo para pimenteira

As pimenteiras têm em média um ciclo anual. A colheita se inicia aos 90 dias para espécies mais precoces e 120 dias para as tardias. Elas produzem bem em solos mais fofos, ou seja, menos compactados e com boa drenagem. Elas não toleram terra encharcada, são muito sensíveis. Portanto, o plantio em solos mais argilosos favorece o acúmulo de água.

Cuidados com a água

As pimenteiras precisam de mais água durante o florescimento e a frutificação, mas sem excessos.

Para plantio em vasos, é recomendado não molhar as folhas. Basta colocar água no solo do vaso sempre nos horários mais frescos do dia (ao amanhecer ou no final da tarde). Pois, o excesso de água, principalmente nas folhas, favorece o surgimento de doenças causadas por fungos e bactérias.

Outra dica superinteressante é que a água na medida certa aumenta a ardência das pimentas pela elevação da concentração de Capsaicina, substância responsável pelo ardor.

Pimenteira e a luminosidade

Luminosidade

Pimenteira gosta de sol! Um bom local de plantio deve receber no mínimo 6 horas de sol ao dia e temperaturas acima de 35 graus prejudicam o florescimento e a frutificação. A faixa ideal é de 21 a 32 graus.

Adubação de plantio

Modo de plantio de vasos de pimenta.

 

Para plantar em recipientes como vasos ou jardineiras, o recomendado é que tenham pelo menos 3 litros de capacidade. As raízes se desenvolverão melhor e a produção de pimentas aumentará. De modo geral, utilize 2 partes de terra para 1 parte de adubo orgânico, ou seja, 70% de terra para 30% de adubo orgânico (esterco de galinha, húmus de minhoca, composto orgânico ou esterco bovino bem curtido).

Adubação de cobertura

Basta aplicar no vaso a cada 60 dias 100 g de húmus de minhoca ou 150 g de esterco de galinha ou, ainda, 200 g de esterco bovino.

 

Colheita

As pimentas poderão ser colhidas verdes ou maduras, isto dependerá da finalidade. Mas atenção, a colheita só deve ser feita quando mais de 80% da casca estiver vermelha ou amarela, dependendo do cultivo da pimenta.

Controle de inseto

A ideia é ter um cultivo orgânico, então não aplique nada químico! Os insetos mais comuns neste caso são os pulgões, cochonilhas e tripés, para enfrentá-los, siga os cuidados recomendados:

  • Evite encharcar o solo;
  • Mantenha o solo coberto;
  • Faça a rotação de plantio, utilizando espécies diferentes no mesmo ambiente;
  • Se o plantio for pequeno compensa fazer o controle manual dos insetos, retirando as partes atacadas;
  • Não utilize adubos químicos sintéticos, isto acaba atraindo mais pragas;
  • Utilize produtos naturais para o controle dos insetos.

Portanto, siga nossas dicas e deixar a sua horta mais bonita.

Postado em 15 de Maio de 2017 | 1 comentário, clique aqui para ler

1 comentário

  • elvira

    09/07/2017

    pensei que a pimenteira poderia chega a dois ou tres anos de vida produtiva

Deixe seu comentário!