Faça suas mudas de suculentas

Categorias: Suculenta

Suculentas são plantinhas charmosas, resistentes, que combinam e se adaptam em qualquer cômodo de uma casa (cozinha, quarto, sala e até banheiro), e agregam valor ao ambiente. Vale a pena tê-las e agora você vai aprender a como multiplica-las, é tão simples que quererá fazer mudas para a família inteira.

As suculentas são plantas que armazenam água nos tecidos da raiz, caule e folhas em quantidades maiores, se comparado as demais plantas. Essa característica permite que ela sobrevida em lugares quentes e áridos por longos períodos, pois esse mecanismo deixou a suculenta uma planta resistente a seca.

Perfeita para quem tem pouco tempo para se dedicar a cuidados com a plantas, as suculentas carecem de pouca água, mas muita luz.

Vamos descobrir como multiplicar suculentas, acompanhe o passo a passo.

mudinha-de-suculenta

Passo 1 – Substrato

O substrato ideal para receber mudinhas de suculentas e favorecer no enraizamento deve ser leve, não reter umidade, poroso e de fácil manuseio.

A opção mais usada para o enraizamento de novas mudinhas e estacas de suculentas é a areia.

Em um vaso ou floreira, com furos no fundo, deposite uma camada de pedra ou argila expandida par ajudar no processo de drenagem. As folhas podem ser plantadas uma ao lado da outra até que enraízem, depois disso, já podem ir para vasos individuais.

Depois preencha até a borda com a mistura de terra e areia lavada, apertando para tirar o excesso de ar. Regue abundantemente.

Sobre o solo, coloque uma camada fina de esterco curtido, que as suculentas adoram.

Por ter baixo teor de nitrogênio e ser rico em matéria orgânica, o esterco acelera o crescimento, consequentemente a formação das mudas.

Passo 2 – Fazendo as mudas

Na propagação de suculentas por estacas, as folhas devem ser destacadas na base do caule da planta matriz.

Faça a retirada das folhas cuidadosamente, para que as folhas não quebrem antes da base.

Se pretende fazer mudas a partir de estacas saiba que: as estacas laterais devem ser sempre cortadas na lateral do caule.

Quando a suculenta apresentar uma haste floral, as folhas da haste e até mesmo ela, também serão mudas que podem ser enraizadas.

como-propagar-plantas-suculentas-3

Passo 3 – Aguardando o desenvolvimento

O plantio das estacas laterais na areia é muito simples. Após destacar a folha a ser propagada/ multiplicada, faça um buraco no solo coloque o caule da suculenta, firme a terra em volta e molhe ao redor.

O enraizamento acontece de 20 a 30 dias, período em que já poderá transplantar em vasos individuais.

Puxe levemente a folha para que ela saia com as raízes, e transplante nos vasinhos, o processo de plantio é o mesmo já mencionado aqui.

Passo 4 – O crescimento e a rega

Nesse primeiro momento, deixe sua muda num lugar que receba bastante claridade, mas não sol direto, pois danifica as raízes novas.

Quando regar, molhe somente o substrato, não as folhas, pois já possuem água e nutrientes suficientes para a produção de raízes e novos brotos.

Caso receba água em excesso, correrá o risco de apodrecer. Por isso os vasos devem ser protegidos da chuva.

 

 

 

 

 

Postado em 14 de agosto de 2018 | Faça um comentário »

Deixe seu comentário!