Samambaia – umas das plantas mais antigas do mundo

Categorias: Acessórios

Hoje, pode ser que não tão comum de encontrar samambaias por aí, mas há poucos anos atrás, quem tinha planta em casa, certamente possuía uma samambaia. As samambaias são umas das plantas mais antigas do mundo. Elas estão presentes no planeta terra desde os anos iniciais de sua formação, junto com os liquens, os fungos e os musgos. Por conta dessa antiga existência, elas são plantas de fácil adaptação as condições climáticas variadas. Se adapta ao calor em ambientes mais agrestes, com areia e muito sol, até a sala de sua casa, em um local com meia sombra.

Sabia que o Xaxim (Dicksonia sellowiana) – uma espécie de avenca ou samambaia, é uma planta de comercialização proibida? Aqui no Brasil o xaxim é bastante conhecido como samambaiaçu e samambaiaçu-imperial.

O xaxim foi muito explorado por causa do caule, que era usado para fabricação de vasos e projetos paisagísticos. O modismo do uso do xaxim, como suporte para orquídeas e bromélias, também surgiu por ser muito mais barato do que um vaso de barro.

Essas atividades levaram o xaxim a entrar na lista das espécies ameaçadas de extinção do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Isso porque, além da exploração desenfreada, ao retirar a planta de seu habitat natural e plantar em lugares inadequados, ela morre rapidamente, diminuindo a população da espécie e aumentando o risco de seu desaparecimento.

Mas, muitas samambaias podem ser cultivadas em casa; conheça algumas espécies:

O cultivo da samambaia amazonas (Polypodium decumanum) deve ser em locais com boa claridade e sol fraco. A planta bastante ornamental é do tipo pendente, de tamanho grande e com folhas bem recortadas.

samambaia amazonas

A samambaia americana (Nephrolepis exaltata) tem coloração verde claro e aspecto compacto devido às touceiras volumosas. Assim como outras espécies de samambaias, a planta gosta de solo úmido e sol fraco.

como-cuidar-de-samambaia-13

A samambaia de metro (Polypodium subauriculatum) possui folhas que chegam a dois metros de comprimento. Para deixar a longa folhagem com caimento livre, uma opção é usar suportes pendurados em correntes, fixados por ganchos.

metro

Com folhagem mais delicada comparada a de outras espécies, a samambaia renda francesa (Rumohra adiantiformis) precisa de solo úmido, deve ser colocada em ambientes com boa claridade e não gosta de vento.

a-samambaia-renda-francesa-

A samambaia paulistinha (Nephrolepis pectinata) é uma planta rústica, que pode ser cultivada diretamente no solo, em local com meia-sombra.paulistinha

Postado em 18 de junho de 2018 | Faça um comentário »

Deixe seu comentário!